AVALIAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO HUMANO DA EDUCAÇÃO DAS UNIDADES DA FEDERAÇÃO DOS ANOS DE 1991, 2000 E 2010 EM UM ÚNICO ÍNDICE

Maurício Corrêa da Silva, Joana Darc Medeiros Martins, José Dionísio Gomes da Silva, Aneide Oliveira Araujo

Resumo


O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) apresenta três dimensões: educação, longevidade e renda e além de ser divulgado por municípios, é divulgado por Unidades da Federação (UF). O objetivo desta investigação é avaliar os IDHM-Educação dos anos de 1991, 2000 e 2010 das Unidades da Federação (UF), utilizando a técnica da Análise de Componentes Principais (ACP), a fim de elaborar um único índice e estabelecer o ranking de desempenho. Os IDHM-Educação avaliam o acesso ao conhecimento medido pela composição de indicadores de escolaridade da população adulta e do fluxo escolar da população jovem. O IDHM-Educação é obtido através da média geométrica do subíndice de frequência de crianças e jovens à escola, com peso de 2/3, e do subíndice de escolaridade da população adulta, com peso de 1/3. O IDHM-Educação do ano de 1991 ficou na faixa de 0.155 (Tocantins) a 0.419 (Distrito Federal); em 2000 ficou na faixa de 0.282 (Alagoas) a 0.582 (Distrito Federal) e em 2010, de 0.520 (Alagoas) a 0.742 (Distrito Federal). A correlação dos índices foi de 94.08% entre os anos de 1991 e 2000 e de 2000 para 2010, a correlação foi de 95.70%. Foi utilizado o método de pesquisa empírico-analítico com base nos IDHM-Educação divulgados pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Os resultados evidenciaram que o Distrito Federal, seguido do Estado de São Paulo e Rio de Janeiro obtiveram os melhores desempenhos da avaliação em um único índice dos IHDM-Educação dos anos de 1991, 2000 e 2010. Os Estados do Pará, Piauí e Alagoas apresentaram os piores desempenhos. O IDHM-Educação do ano de 2000 foi o mais importante (maior valor) na composição dos coeficientes que compõem a equação de avaliação de desempenho do componente 1.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN: 1679-9844 
  

 This work is licensed under a Creative Commons License Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.