QUILOMBO: O PROCESSO DE FORMAÇÃO DA COMUNIDADE RURAL SÃO JOAQUIM DE PAULO NO MUNICÍPIO DE VITÓRIA DA CONQUISTA/BA

Tânia Maria Rodrigues da Rocha, Ana Elizabeth Santos Alves, Luciana Araújo dos Reis

Resumo


O presente tem por objetivo descrever o processo de formação da comunidade rural São Joaquim de Paulo no município de Vitória da Conquista/BA a partir dos testemunhos orais dos membros da comunidade. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa com a técnica de construção da história oral por meio de depoimentos. O local de realização do estudo foi a Comunidade Remanescente de Quilombo São Joaquim de Paulo. Trabalhou-se com membros da comunidade e um o professor pesquisador, sendo a amostra do estudo composta por seis sujeitos. Como recurso para a coleta de dados foi utilizado a roda de conversa e aplicação de entrevista, sendo os dados analisados por meio da análise de conteúdo de Bardin. A formação Comunidade Remanescente de Quilombo São Joaquim de Paulo trouxe para o povo negro membro desta comunidade o significado de liberdade, pois a relação social construída a partir de uma vida coletiva entre homens e mulheres regidos pelos mesmos propósitos sociais configurou-se numa identidade étnica movida por um sentimento de pertença, levando um comprometimento com o outro, e na partilha da terra. Esse povo buscou estabelecer e valorizar as condições de enquadramento na categoria de remanescentes de quilombo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN: 1679-9844 
  

 This work is licensed under a Creative Commons License Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.