ASSOCIAÇÃO ENTRE GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA, PRÁTICA DO BULLYING E EVASÃO ESCOLAR EM ESCOLA PÚBLICA DE CAMPOS DOS GOYTACAZES, RJ, BRASIL

Karla Rangel Ribeiro, Rosalee Santos Crespo Istoe, Fernanda Castro Manhães, Eduardo Shimoda

Resumo


A gravidez na adolescência e a prática do bullying são problemas comuns no ambiente escolar e que podem ter influência sobre o rendimento escolar, podendo levar alunas, inclusive, à evasão. Os objetivos do presente trabalho são verificar a associação entre: 1) participação no bullying com a gravidez na adolescência e, 2) participação no bullying e/ou gravidez na adolescência com a evasão escolar. Para tal, foram aplicados questionários a 124 alunas de uma escola pública no município de Campos dos Goytacazes, que responderam se participaram do bullying como vítimas ou agressoras, se engravidaram durante a adolescência e se chegaram a interromper os estudos. Utilizou-se a equação logística binária para determinar as razões de probabilidade, sendo verificado que o fato das alunas terem sido agressoras ou vítimas não tem associação significativa com a gravidez na adolescência e que vítimas do bullying têm em torno de 550% mais chances de evadir do que as demais alunas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN: 1679-9844 
  

 This work is licensed under a Creative Commons License Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.