DIVERGÊNCIA GENÉTICA DOS ATRIBUTOS SENSORIAIS DE CLONES DE Coffea canephora CULTIVADOS NA AMAZÔNIA OCIDENTAL

Authors

  • Larissa Cristina Torrezani Starling Reinicke
  • Marcelo Curitiba Espindula
  • Rodrigo Barros Rocha

Keywords:

Conilon; Robusta; Teste de xícara; Robustas Finos

Abstract

O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade de bebida de genótipos do cafeeiro Coffea canephora cultivados em dois ambientes contrastantes da Amazônia Ocidental. Foram avaliados 15 clones comercializados em domínio público nos ambientes de Porto Velho e São Felipe d’Oeste, Rondônia. A classificação da bebida foi realizada conforme o Protocolo de Degustação de Robusta Finos que quantifica a qualidade a partir de nota que varia de 0 a 100 pontos, destacando as nuances dos clones. O desempenho dos clones em diferentes ambientes foi analisado considerando análises de variância simples e conjunta, estimativas de parâmetros genéticos e a dispersão no plano dos valores genéticos. Observou-se efeito significativo da interação genótipo x ambientes, o que indica que os clones apresentaram desempenho diferenciado entre os ambientes cultivados. Estimativas dos parâmetros genéticos indicaram boa condução experimental e predomínio do efeito genotípico na expressão dos atributos sensoriais. Dez genótipos apresentaram notas acima de 80 pontos e, portanto, foram classificados como Robustas Finos. Os demais clones foram classificados como de bebida muito boa com notas superiores a 76 pontos. Os clones AS7, AS1, N8(G8), L1, R152, AS5, LB15 e R152 apresentaram maior adaptabilidade e estabilidade tendo sido avaliados com notas acima de 80 pontos nos dois ambientes. Os clones WP6, GB7, N16 e R22 apresentaram menor previsibilidade de desempenho tendo apresentado nota acima de 80 pontos em apenas um dos ambientes avaliados. Já os clones AR106 e N13 se caracterizaram pela maior estabilidade e menor adaptabilidade, tendo apresentado notas abaixo de 80 pontos nos dois ambientes avaliados. Os clones estudados apresentaram ampla variabilidade genética, sendo possível selecionar clones com desempenho superior para a qualidade de bebida.

Downloads

Download data is not yet available.

Downloads

Published

2023-11-05

How to Cite

Larissa Cristina Torrezani Starling Reinicke, Marcelo Curitiba Espindula, & Rodrigo Barros Rocha. (2023). DIVERGÊNCIA GENÉTICA DOS ATRIBUTOS SENSORIAIS DE CLONES DE Coffea canephora CULTIVADOS NA AMAZÔNIA OCIDENTAL. InterSciencePlace, 18(3). Retrieved from http://www.interscienceplace.org/index.php/isp/article/view/614